Cris Couto

Comida, bebida, livros e receitas

 

Nova edição do Madrid Fusión destaca cozinheiros emergentes

O corenano Sang-hoon Degeimbre, um dos destaques do Madrid Fusión 2012

O ano mal começou e dois eventos de alcance internacional já conclamam gourmets e chefs para discutir gastronomia. Entre os dias 24 e 26 de janeiro acontece a 10ª edição do celebrado Madrid Fusión, na capital espanhola. Em março, Paris torna-se a sede do 6º Omnivore Food Festival, encontro culinário que, neste ano, sai dos limites geográficos da França e prepara uma turnê por mais 11 cidades do mundo – incluindo São Paulo, ainda sem data definida. “Existe uma lógica absoluta para que a partir de agora o Omnivore Food Festival viaje pelo mundo inteiro ao encontro de culinárias e chefs”, disse seu criador, Luc Dubanchet, ex-editor do guia Gault Millau. Neste ano, os dois congressos destacam a nova geração de talentos da era pós-Adrià, dos vários cantos do planeta. Se em 2008 a Dinamarca foi alçada pelo Madrid Fusión como o novo celeiro da vanguarda culinária, outros países e seus cozinheiros estarão em evidência em 2012. É o caso da Coreia, que trará três representantes para o Madrid Fusión, que neste ano tem como tema “As Portas do Futuro: Geração de Talentos” e organiza seus palestrantes — cerca de cem cozinheiros —  em quatro grupos: a terra, nossa despensa, tendências, técnicas e baixo-custo. Entre os destaques, o coreano Sang-hoon Degeimbre, do restaurante L'Air du Temps, da Bélgica (foto). No Omnivore, que contará com a presença de 50 profissionais, serão destacados cozinheiros emergentes como Ryan Clift (Tippling Club), de Singapura, Morgan McGlone, da Austrália, Lorenzo Cogo (El Coq), da Itália, e os belgas Dare De Belder (Godevaart) e Davy Schellemans (Véranda), além, é claro, de chefs franceses, como David Tutain (Agapé Substance, Paris). O brasileiro Felipe Bronze, chef do restaurante carioca Oro, participa do congresso francês, e Alex Atala, do evento espanhol. Enquanto o Omnivore faz sucesso com seus happenings culinários — os F*** Dinners, comandados por uma dupla de chefs de diferentes origens que cozinham em restaurantes da cidade —, cerca de 300 restaurantes madrilenhos programam, por duas semanas, atividades em torno do evento espanhol no chamado Gastrofestival.

Publicado por Cristiana Couto na revista menu, edição de janeiro 2012

Escrito por Cristiana Couto às 20h04

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Remanso do Bosque, em Belém, recebe Thomas Troisgros

O jovem cozinheiro Thiago Castanho (à dir., com o irmão Filipe), de Belém, tornou-se conhecido em São Paulo há menos de três anos - creio que a revista menu, onde trabalhei até 2009, foi uma das primeiras mídias impressas a revelar o talento desse cozinheiro paraense, que comanda a cozinha do Remanso do Peixe, restaurante tradicional fundado pelo pai, Francisco. Em 2008, escrevemos na revista um perfil de Castanho, então com 21 anos de idade. À época da matéria, ele estava às voltas com os processos de salga dos peixes amazônicos e das técnicas indígenas de conservação de pescados. A partir daí, Castanho fez várias incursões por São Paulo, e todos do mundo gastronômico hoje falam dele.

Pois é. Castanho agora está absorvido pelo seu novo restaurante, o Remanso do Bosque, inaugurado em dezembro. No dia 21 de janeiro, Thiago e seu irmão, também cozinheiro, recebem nele o colega Thomas Troisgros para o "Projeto Visita". Thomas, que é chef-executivo do Olympe, no Rio de Janeiro, vai fazer um menu que inclui pratos como mil folhas de pupunha com ceviche de vieiras e musse de pirarucu defumado (na foto). O projeto já contou com a presença de Rafael Despirite, do restaurante Marcel (SP), e ainda vai receber, em março, Rodrigo Oliveira (Mocotó, SP), Roberta Sudbrack (do restaurante carioca Sudbrack), em maio e, ainda sem data definida, os chefs Joca Pontes (restaurante Ponte Nova, Recife) e Alberto Landgraf (Epice, SP).

Outros pratos do menu de Thomas Troisgros (na foto), que custará R$ 130:

Filé de filhote com banana caramelada ao molho de passas e urucum

Pancetta glaceada com melaço de cana e musseline de batatas com leite de castanha

Lombinho de boi assado lentamente ao molho bordelaise de açai e aipim folhado

Goiaba assada no forno a lenha com açúcar mascavo, queijo de Marajó e farofa de tapioca com queijo do reino

Trufas de tapioca

 

Remanso do Bosque (travessa Perebebuí, 2.350, Marco, Belém, 91/3347-2829)

Escrito por Cristiana Couto às 17h16

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Cris Couto Cris Couto é jornalista de gastronomia e colaboradora do caderno "Comida" da Folha.


Twitter RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.